Três entidades representativas do setor plástico confirmaram apoio a Interplast 2018: o Instituto Brasileiro do PVC, a Plastivida e o Instituto Nacional do Plástico.

O professor e pesquisador, Alexander Turra, irá representar o convênio da Plastivida com o Instituto Oceanográfico da USP (IOUSP) neste, que é considerado o maior e mais relevante evento mundial sobre o tema

Os plásticos são leves, versáteis, resistentes à corrosão e à decomposição e de fácil processamento. Além disso, eles têm baixo custo, suportam impactos e não alteram seu formato.

A Plastivida, em parceria com o Instituto Oceanográfico da USP, tem se mobilizado com o objetivo de mitigar a poluição dos mares e promover ações de educação ambiental, consumo consciente e boas práticas de descarte de resíduos.

Os plásticos são leves, versáteis, resistentes à corrosão e à decomposição e de fácil processamento. Além disso, eles têm baixo custo, suportam impactos e não alteram seu formato.

Até o dia 18 de fevereiro o Projeto Tamar de Ubatuba recebe o projeto “O Mar que queremos", uma realização do Istituto Costa Brasilis em parceria com o Instituto Oceanográfico da USP e a ONG Plastivida.

A maioria dos aparatos e figuras que vemos nos grandes carros alegóricos e nas fantasias que desfilam nas avenidas, durante o Carnaval, são feitas de EPS, conhecido pela marca comercial IsoporⓇ.

Entrevista completa de Miguel Bahiense, Presidente da Plastivida, na Radio CBN de Juiz de fora, no programa Vida Sustentável